09 maio, 2011

É no nada 
que mora a idéia
É do nada 
que surge a paixão
É de nada, 
que fiz por gosto
É o nada 
o que sobra
Da revolução
na evolução
do nada que fui
ao homem que quero ser
ação

7 comentários:

Daniel Batata disse...

Muito bom Lupeu, massa cara.

lupeu lacerda disse...

valeu batata. um grande abraço cara.

Anônimo disse...

Que gay kkkkkkkkkkk'ssss

Anônimo disse...

Tbm concordo mt gay rsrsrrsrsr
By: Alex Vendruscolo
nome para blogs Alex Veendrsu

Anônimo disse...

jkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk................[]

Anônimo disse...

ikkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK q gayyyyysaço