20 outubro, 2007


quero aprender a criar anjos

se voam,

meu coração se dilaçera de medo

se corto-lhes asas,

deixam de ser anjos.


quero aprender a criar meninas

se querem,

tenho medo do seu querer poderoso e volátil

se digo mais não que sim

deixam de ser meninas

transformam-se em miniaturas

de gente grande


anjos e meninas

não vem com manual

2 comentários:

Kleber Matos disse...

arte sã (n)ato. meninas voadoras. comida no prato.

Antonio S�vio disse...

Linda poesia. Parabéns por a sutil forma de trabalhar, pela força de cada palavra.